Pesquisar

43 migrantes resgatados do mar nas Ilhas Canárias com sintomas de hipotermia

Pelo menos 8 migrantes morreram enquanto tentavam chegar ao arquipélago

Pelo menos oito migrantes morreram em um barco inflável com cerca de 50 pessoas a bordo que tentaram chegar a Lanzarote, nas ilhas canárias, durante os três dias em que permaneceram no mar. O resgate de 43 sobreviventes aconteceu na madrugada de quarta-feira, 8, e a maioria tinha sintomas de hipotermia.

No barco, localizado perto de Arrecife, capital de Lanzarote, foram resgatados 43 migrantes, sendo 32 homens, 10 mulheres e uma criança, de acordo com um porta-voz do Serviço de Salvamento Marítimo. Além desses, foi recuperado o corpo de um homem que morreu de hipotermia e ainda estava a bordo.

De acordo com a equipe de resgate, o barco foi inundado com cerca de 10 centímetros de água e quase todos os ocupantes tinham sintomas de hipotermia, sendo que alguns deles já estavam muito fracos quando o resgate chegou. No total, nove pessoas foram levadas para o hospital, sendo duas dela em estado grave.

Em terra, sobreviventes informaram à equipe de resgate que outras sete pessoas haviam morrido e seus corpos foram jogados ao mar durante a travessia, que durou três dias, saindo do sul do Marrocos. Entre eles, pode haver uma criança que não foi encontrada pela mãe ao acordar, na madrugada do resgate.

Em 2022, pelo menos 15.682 migrantes chegaram pelo mar às Ilhas Canárias. No total, durante o ano passado, chegaram à Espanha 31.219 migrantes, dos quais 28.930 chegaram por via marítima, segundo o Ministério do Interior da Espanha.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
abril 2024
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados

[elfsight_whatsapp_chat id="5"]