Pesquisar

64 migrantes da Guatemala encontrados presos em caminhão no México

Mais de 1,7 milhão de migrantes já tentaram cruzar a fronteira entre México e EUA

64 migrantes da Guatemala abandonados no trailer de um caminhão no México foram encontrados na quinta-feira, 9, segundo informou o Instituto Nacional de Migração (INM). Desde o início do ano fiscal de 2023, mais de 125 mil guatemaltecos já tentaram cruzar a fronteira entre México e Estados Unidos, segundo informações do Serviço de Alfândega e Proteção de Fronteiras (CBP) dos EUA.

De acordo com o INM, entre os migrantes resgatados estavam 47 homens e 17 mulheres, todos maiores de idade. Eles haviam sido abandonados no trailer sem comida, água e ventilação e foram encontrados durante uma operação de verificação.

Recentemente, o INM informou que o corpo de um homem do Senegal foi encontrado em San Francisco Ixhuatán, no estado de Oaxaca, após um suposto naufrágio. Segundo o órgão, o cônsul senegalês, Abdoulaye Diop, afirmou que, dias antes, 26 cidadãos do país haviam desaparecido após deixar a costa de Tonalá, Chiapas, em um barco rumo às praias de Oaxaca.

Apesar das buscas, não foram encontrados vestígios da embarcação ou dos náufragos na região do desaparecimento.

O México é a principal rota utilizada por migrantes de diversos países, em especial das Américas Central e do Sul, para chegar aos EUA. Segundo o CBP, em junho foram registrados 144.571 migrantes na fronteira, o menor número mensal desde fevereiro de 2021, quando 101.099 pessoas foram detidas.

Desde o início do ano fiscal de 2023, mais de 1,7 milhão de migrantes tentaram cruzar a fronteira entre os dois países, muitas vezes colocando suas vidas em risco nas mãos de traficantes de pessoas.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
junho 2024
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados

[elfsight_whatsapp_chat id="5"]