Pesquisar

Animadoras Vocacionais realizaram encontro online

Na terça-feira, 23, as Animadoras Vocacionais Scalabrinianas regionais e locais estiveram reunidas para aprofundar o tema “Intervenção juvenil: Identidade própria e planejamento”, com a assessoria do Ir. Marcio Acosta (Marista).

Ele iniciou com algumas abordagens da juventude como desejo de liberdade, autenticidade, atração pelo grupo, hipersensibilidade; refletiu sobre o questionamento “Quem são os jovens?”, para o qual deu as respostas: Sujeito de liberdade, história de vida, condição social, sujeito de transformação. Ele destacou que os jovens são, também, oportunidade para cada Animadora Vocacional retomar o itinerário vocacional, que é um caminho de acompanhamento com as nossas juventudes.

Ir. Marcio ressaltou que o projeto estratégico requer um olhar ampliado, priorizando o que realmente pode ser eficaz, astucioso na missão da instituição. Ele sublinhou que os projetos operacionais são sistematizados pedagogicamente e fortalecem o estratégico, e existem com objetivos, justificativas, fundamentação teórica, metodologia, desenvolvimento, possibilidades de execução, e devidamente organizados no caminho apontado pelo estratégico.

Foi uma tarde de partilha, escuta, desafios, propostas e gratidão pela missão de cada Animadora Vocacional Scalabriniana.

Por Ir. Carmen Lúcia Oliveira Pereira, com a Equipe de Comunicação

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
julho 2024
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados

[elfsight_whatsapp_chat id="5"]