Pesquisar

Guarda Costeira italiana resgata mais de 570 migrantes em barco de pesca no Mediterrâneo

Mais de 7.200 migrantes já chegaram à Itália apenas em novembro

A Guarda Costeira italiana resgatou nessa segunda-feira, 27, um barco pesqueiro com 573 migrantes, que foram desembarcados na Ilha de Lampedusa. De acordo com o ACNUR, a Agência da ONU para os Refugiados, mais de 151 mil migrantes chegaram à Itália pelo Mediterrâneo em 2023.

Entre os migrantes resgatados, que haviam partido da Líbia e eram do Paquistão, Bangladesh, Síria, Egito e Etiópia, estavam quatro mulheres e três menores. O grupo foi levado para o centro de migrantes de Lampedusa, que estava vazio desde sexta-feira, quando os migrantes desembarcados em 22 de novembro deixaram o local.

De acordo com o ACNUR, pelo menos 151.312 migrantes já chegaram à Itália em 2023, sendo 7.214 apenas no mês de novembro. O número anual representa um aumento de 61% comparado ao mesmo período de 2022, quando foram registradas 94.092 chegadas no país.

Segundo a Agência, em 2023, a maioria dos migrantes chegados à Itália pelo mar é da Guiné (12%), seguida pela Tunísia (12%), Costa do Marfim (11%), Bangladesh (7%) e de nacionalidade desconhecida (7%).

Desde o início do ano, 2.659 migrantes morreram ou desapareceram no Mediterrâneo, número que já ultrapassa as 2.439 mortes registradas entre janeiro e dezembro de 2022, quando 105.131 migrantes chegaram à Itália, de um total de 159.410 que chegaram aos vários países banhados pelo Mar Mediterrâneo.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
fevereiro 2024
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados

[elfsight_whatsapp_chat id="5"]