Pesquisar

Número de migrantes cruzando o Darién em 2023 supera dados totais de 2022

Pelo menos 21% dos migrantes que cruzam o Darién são crianças e adolescentes

Na segunda-feira, 31, a vice-diretora do Serviço Nacional de Migração do Panamá, Maria Isabel Saravia, informou que o número de migrantes que cruzaram a selva do Darién de janeiro a julho de 2023 ultrapassou o total de 2022, quando 248.284 pessoas realizaram a perigosa travessia.

Segundo Saravia, até 31 de julho 248.901 migrantes já haviam cruzado a selva, que separa Panamá e Colômbia e que tem sido usada como rota migratória até os Estados Unidos, apesar dos perigos naturais e do crime organizado que domina a região.

Pelo menos 21% dos migrantes que cruzam a selva são menores de idade, dos quais cerca de 51% são menores de 5 anos, segundo a vice-diretora do Serviço de Migração. Entre as nacionalidades que mais atravessam o Darién estão haitianos, venezuelanos, colombianos e equatorianos, além de migrantes de outros continentes, como África e Ásia.

De acordo com dados do Serviço de Migração, desde o início de 2023, mais de 100.000 venezuelanos já passaram pelo Darién, além de cerca de 33.000 haitianos e 25.000 equatorianos.

Do total de travessias registradas, mais de 107.000 eram homens, 49.000 eram mulheres e outros 40.000 eram crianças e adolescentes.

Segundo dados do projeto Missing Migrants, da Organização Internacional para as Migrações (OIM), pelo menos 227 migrantes morreram ou desapareceram ao atravessar o Darién desde 2014. Em 2023, foram registradas 20 mortes ou desaparecimentos até o momento.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
abril 2024
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados

[elfsight_whatsapp_chat id="5"]