Pesquisar

“Silenciem as armas, ouçam o grito de paz”, pede Papa Francisco sobre conflitos entre Hamas e Israel

Mais de 4.500 pessoas já morreram desde o início dos conflitos entre Hamas e Israel

Ao final da Audiência Geral dessa quarta-feira, 18, o Papa Francisco, falando sobre os conflitos entre Israel e Hamas, pediu que os fiéis assumam o lado da paz e convidou, ainda, para um dia de oração e jejum pela paz no mundo.

“As vítimas estão aumentando e a situação em Gaza é desesperadora. Por favor, façam todo o possível para evitar uma catástrofe humanitária”, pediu Francisco, que reforçou que seus pensamentos estão voltados às populações da Palestina e Israel.

O Papa ressaltou que uma possível ampliação do conflito é “preocupante”, diante de tantas guerras acontecendo no mundo atualmente. “Silenciem as armas, ouçam o grito de paz dos pobres, das pessoas, das crianças”, pediu.

Exortando a comunidade internacional a buscar pela paz, o Pontífice ressaltou que “a guerra não resolve nenhum problema: apenas semeia morte e destruição”. Francisco ressaltou, ainda, que é importante que, com palavras, orações e ações concretas, os fiéis “assumam apenas um lado nesse conflito: o da paz.”

Dia de jejum e oração pela paz
Diante dos conflitos, Francisco convocou um dia de jejum e oração, que acontecerá no dia 27 de outubro. “Um dia de penitência para o qual convido os irmãos e irmãs das várias denominações cristãs, aqueles que pertencem a outras religiões e todos os que prezam a causa da paz no mundo, a participarem como acharem adequado”, afirmou ele.

O convite pede que as igrejas “preparem momentos semelhantes que envolvam todo o povo de Deus na súplica pela Paz”. No dia 27, às 18h, será dedicada uma hora de oração em penitência pela paz no mundo.

Segundo dados da VOA News, pelo menos 3.000 palestinos morreram e outros 12.500 ficaram feridos desde o início dos ataques, que também causaram a morte de mais de 1.400 israelenses.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação, com informações de Vatican News

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
junho 2024
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados

[elfsight_whatsapp_chat id="5"]