Naufrágio de barco com migrantes deixa 8 mortos e dezenas de desaparecidos na Líbia

Desde 1º de janeiro, pelo menos 33 migrantes morreram ou desapareceram ao tentar cruzar o Mediterrâneo para chegar à Europa

Pelo menos oito migrantes morreram depois o barco em que estavam naufragou na costa da Líbia. A embarcação transportava cerca de 150 migrantes, das quais 58 ainda estão desaparecidas, informou o Crescente Vermelho Líbio na quarta-feira, 25.

Do total de migrantes a bordo, pelo menos 84 sobreviveram e foram levados para centros de detenção estatais para migrantes, segundo um porta-voz do Crescente Vermelho Líbio, organização que realiza operações de busca e resgate na região.

O naufrágio ocorreu na terça-feira, 24, próximo à cidade líbia de Garabulli, a cerca de 60 quilômetros da capital de Trípoli. Segundo o Crescente Vermelho, os migrantes tentavam chegar à Itália. De acordo com a organização, os mortos recuperados do naufrágio eram todos homens.

A Líbia, devastada pela guerra, se tornou nos últimos anos um importante ponto de trânsito para migrantes da África e do Oriente Médio que tentam chegar à Europa, pois os traficantes de seres humanos se beneficiam do caos na Líbia e das longas fronteiras do país com outros seis países.

Desde 1º de janeiro de 2023, pelo menos 33 migrantes morreram ou desapareceram no Mediterrâneo enquanto tentavam chegar à Europa, de acordo com dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). Em 2022, o total foi de 1,953 migrantes mortos ou desaparecidos na região.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação Virtual

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
março 2023
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados