Pesquisar

Travessias de migrantes na selva de Darién, no Panamá, atingem número recorde

Do total de migrantes que cruzaram o Darién em 2023, mais de 50 mil são crianças

Segundo estimativas do governo do Panamá, pelo menos 300 mil pessoas cruzaram a selva de Darién desde o início de 2023, um número recorde que supera as históricas 248 mil travessias registradas em 2022. A maioria dos que realizam a travessia tentam chegar aos EUA.

Segundo os últimos dados divulgados pelo governo panamenho, em agosto, 251.758 migrantes haviam cruzado o Darién entre janeiro e julho de 2023, superando os números de todo o ano de 2022. Com o aumento nas travessias, o governo estima que o número tenha ultrapassado os 300 mil.

De acordo com os dados, do total de migrantes registrados em 2023, pelo menos 52.773 são crianças e adolescentes, entre eles muitos são chilenos (3,755) e brasileiros (3,047), em sua maioria filhos de migrantes do Haiti que nasceram nesses países. Em 2022, o número total de menores que cruzaram a selva foi de 40.438.

Segundo o governo do Panamá, a maioria dos migrantes que realizaram a travessia do Darién são da Venezuela (138,588), seguidos por naturais do Equador (34,894), Haiti (34,165), China (10,546) e Colômbia (8,287).

Segundo o projeto Missing Migrants da Organização Internacional para as Migrações (OIM), 26 migrantes morreram ou desapareceram na rota do Darién em 2023, considerada uma das mais mortais do mundo. No ano passado, foram registradas 141 mortes ou desaparecimentos na região, incluindo crianças, a maioria de causas desconhecidas ou mista.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
fevereiro 2024
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados

[elfsight_whatsapp_chat id="5"]