Pesquisar

No dia da mulher, migrante acolhida no Centro de Acolhida do Pari é entrevistada pela Prefeitura de São Paulo

Em celebração ao Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta quarta-feira, 8, a Prefeitura de São Paulo realizou uma série de reportagens com mulheres acolhidas na rede socioassistencial, entre elas Jocelina Nzombo, imigrante angolana atendida no Centro de Acolhida do Pari, administrado pelas Scalabrinianas.

Em sua entrevista, Jocelina demonstra o desejo de não apagar suas raízes, enfatizando o uso de roupas típicas do Dia da Mulher de seu país. “Para existir a Jocelina no Brasil, existiu a Jocelina angolana”, destaca.

Confira a entrevista completa com Jocelina no link: https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/assistencia_social/noticias/?p=343500

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
julho 2024
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados

[elfsight_whatsapp_chat id="5"]