Pesquisar

Mês Bíblico 2023

Acabamos de celebrar o mês vocacional! Em setembro a Igreja nos convida a nos aproximar ainda mais da Bíblia com as nossas vidas. Estamos no mês da Bíblia! E é durante este mês que celebramos a festa de São Jerônimo (340-420), que teve um papel fundamental para a tradução Bíblia para o latim. É de São Jerônimo a frase lapidar: “Ignorar as Escrituras é ignorar a Cristo. Para bem vivermos esse importante mês bíblico, a CNBB propõe um livro bíblico para aprofundamento. Neste ano, o livro proposto é a carta aos Efésios, por isso, o mês traz como tema: “Vestir-se da nova humanidade! (Ef 4,24). Segundo Marques e Nakanose, a carta aos Efésios foi escrita no fim do século I d.C. e dirigida a várias comunidades cristãs da Ásia Menor (hoje Turquia), região subjugada e explorada pelo Império Romano, movido pelos espíritos do mal – ganância, mentira, injustiça, discriminação, desigualdade, insensibilidade, libertinagem (Ef 4,17-32; 6,10-20). Nesse contexto, a carta exorta os fiéis à prática do Evangelho de Jesus Cristo crucificado (Ef 3,1-21), na luta por uma sociedade solidária e fraterna contra o mal: “Revistam-se do homem novo, criado segundo Deus, na justiça e santidade da verdade” (Ef 4,24).

A Bíblia é luz para o nosso caminho, e deve fazer parte de nosso cotidiano! A Bíblia é um livro da caminhada do povo que experimentou Deus em sua história, especialmente, nos eventos de libertação das injustiças.

Muitas pessoas contribuíram para que a Bíblia chegasse até nós como a conhecemos! É um livro diferente, porque é sagrado. Mas o fato de ser um livro sagrado, não significa que caiu do céu. A Bíblia é a palavra de Deus nas histórias de muitos homens e mulheres, jovens, migrantes, idosos, pais, mães, agricultores, pescadores, sacerdotes, reis, profetas. A preocupação dos que escreveram a Bíblia não foi apenas contar uma história no sentido que conhecemos, mas recuperar a memória que identificou esse povo, a memória da libertação! Em geral, os livros da Bíblia trazem uma grande riqueza de experiências que contribuem para manter viva a fé no Deus que propõe justiça, fraternidade, amor e fidelidade.

Ao ler a Bíblia, é importante que você também traga as riquezas da vida, suas alegrias e angústias. A dica é: ao abrir o livro da Bíblia, abra também o livro da vida!

Por Wellington Barros

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
abril 2024
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados

[elfsight_whatsapp_chat id="5"]