Pesquisar

Na Audiência Geral, Papa Francisco exorta cristãos a anunciar o Evangelho sem excluir ninguém

Papa Francisco destacou o “poder humanizador” da propagação da mensagem de Cristo

O Papa Francisco escolheu o tema “a mensagem cristã é para todos” para sua catequese da Audiência Geral desta quarta-feira, 22. O Pontífice enfatizou que os cristãos são chamados, através do encontro com Jesus, a anunciar as maravilhas do Evangelho com alegria, sem excluir ninguém.

“Não podemos dizer que somos privilegiados em relação aos outros. O chamado é para um serviço. E Deus escolhe um para amar a todos, para alcançar a todos”, disse Francisco, que afirmou que, através da propagação mensagem de Cristo, “existe um poder humanizador, uma realização de vida”, destinada a todos, porque Cristo morreu e ressuscitou por toda a humanidade, “não excluiu ninguém”.

O Papa ainda recordou um trecho da Exortação Apostólica Evangelii Gaudim, na qual ressalta o direito de todos de receber o Evangelho, bem como o dever de cada cristão em o anunciar “como quem partilha uma alegria, indica um horizonte estupendo”. Ele ainda ressaltou que os cristãos “devem ser abertos e expansivos”, característica que vem de Jesus, “que fez da sua presença no mundo um caminho contínuo, destinado a chegar a todos.”

Francisco destacou, ainda, que a pregação da Boa Nova deve estar sempre aberta a todos. “O Senhor elege alguém para alcançar outros, esse é o chamado de Deus”, disse o Pontífice, que enfatizou aos fiéis que o chamado de Deus é universal, não apenas para um grupo eleito. “O Evangelho não é só para mim, é para todos, não vamos nos esquecer disso”, concluiu.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação, com informações do Vatican News

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
fevereiro 2024
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados

[elfsight_whatsapp_chat id="5"]