Pesquisar

Igreja do Brasil se prepara para a celebração da 39ª Semana do Migrante

Entre os dias 16 a 23 de junho a Igreja do Brasil irá celebrar a 39ª Semana do Migrante, que terá como tema “Migração e Casa Comum” e lema: “Amplia o espaço da tua Tenda” (Is 54,2), promovida pelo Serviço Pastoral dos Migrantes (SPM).

O texto base da 39ª Semana do Migrante destaca que essa celebração tem o potencial de ser um grande momento de tomada de consciência, como Igreja e sociedade, frente à uma realidade que provoca a migração forçada e não promove a acolhida digna. O texto convida todos a alargar o coração para uma acolhida afetiva e efetiva, como família de Deus que busca e promove a “amizade social”, para romper as barreiras que impedem a solidariedade, a promoção e a integração de todos os aqueles que buscam um novo lugar.

O documento ressalta que a falta do cuidado com a Casa Comum, a polarização, a violência, a guerra, a fragilidade das relações entre as pessoas e as políticas que geram exclusões têm levado cada vez mais pessoas a migrar forçadamente e chama a todos para, no espírito de São João Batista Scalabrini, “Pai dos Migrantes”, cuidar da Casa Comum sem exclusões, como espaço acolhedor.

“A Semana do Migrante é um momento oportuno para sair do nosso mundo egoísta e fechado, alargando o nosso coração para a Fraternidade Universal. Para isso, vamos viver uma profunda conversão no cuidado, no afeto, na amizade e na incidência política”, convida a introdução do texto-base da 39ª Semana do Migrante, que pode ser acessado em: https://spmnacional.org.br/2024/04/10/material-para-a-39a-semana-do-migrante/.

Dia do Migrante na Igreja Católica
O Papa Paulo VI determinou, em 1969, a celebração do Dia do Migrante pela Igreja Católica, com orientação para que cada conferência episcopal de cada país escolhesse sua data a ser celebrada.

No Brasil, em abril de 1979, por determinação da 17ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o Dia do Migrante passou a ser celebrado no 25 de junho, se cair no domingo, ou, caso contrário, no domingo imediatamente anterior. No ano seguinte, em 1980, os bispos escolhem para lema da Campanha da Fraternidade, a frase “Para onde Vais” para dinamizar a ação pastoral da Igreja Católica do Brasil junto aos migrantes.

No ano de 1981, o Dia do Migrante foi celebrado no Brasil no dia 21 de junho, com o lema “Por que somos obrigados a sair da nossa terra?”. A primeira “Semana do Migrante” ocorreu 5 anos depois, de 23 a 29 de junho de 1986, tendo como lema ““Tomareis posse da terra e nela habitareis” (Num.33,53a).

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação, com informações de Serviço Pastoral dos Migrantes (SPM)

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
julho 2024
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados

[elfsight_whatsapp_chat id="5"]