Pesquisar

Papa Francisco recorda Dia Mundial do Refugiado durante a Audiência Geral

Mundo atingiu a marca de 120 milhões de pessoas forçadas a se deslocar, segundo o ACNUR

O Papa Francisco recordou ao fim da Audiência Geral desta quarta-feira, 19, a celebração do Dia Mundial do Refugiado na quinta-feira, 20. Recentemente a Agência da ONU para os Refugiados (ACNUR) lançou o relatório Tendências Globais de Deslocamento 2024, que apontou que existem mais de 43 milhões de refugiados no mundo.

Francisco apelou para que a data seja uma oportunidade para dirigir um olhar atento a todos os que são forçados a fugir de suas casas em busca de segurança. “Todos somos chamados a acolher, promover, acompanhar e integrar aqueles que batem às nossas portas. Rezo para que os Estados façam tudo o que estiver ao seu alcance para garantir condições humanas aos refugiados e facilitar os processos de integração”, disse o pontífice.

O Papa reforçou, ainda, seu constante apelo pela paz. “A guerra é sempre uma derrota, desde o início”, afirmou, pedindo que os fiéis rezem pela paz na Ucrânia, na Terra Santa, no Sudão, em Mianmar e em tantos outros países assolados pela guerra. “Rezemos todos os dias pela paz”, pediu.

Lançado pelo ACNUR na última quinta-feira, 13, o relatório Tendências Globais de Deslocamento 2024 aponta que o mundo atingiu a marca de 120 milhões de pessoas deslocadas à força. Segundo o documento, existem pelo menos 43,3 milhões de refugiados no mundo, sendo que 73% do total é originário de apenas cinco países, sendo eles Afeganistão (6,4 milhões), Síria (6.4 milhões), Venezuela (6.1 milhões), Ucrânia (6 milhões) e Sudão (1.5 milhão).

Apenas no Brasil, 77.193 pessoas foram reconhecidas como refugiadas em 2023, segundo dados da 9ª edição do relatório Refúgio em Números. No total, o Brasil tem 143.033 pessoas reconhecidas como refugiadas, de acordo com o documento, que aponta que, desde 2011, o país já recebeu pelo menos 406.695 solicitações de refúgio, sendo 58.628 apenas em 2023.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
julho 2024
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados

[elfsight_whatsapp_chat id="5"]