Scalabrinianas celebram festa da Bem-aventurada Assunta Marchetti nas comunidades

A festa da Bem-aventurada Assunta Marchetti, co-fundadora da Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos Borromeo, Scalabrinianas, foi celebrada no último sábado, 1º de julho. Confira aqui as celebrações das diversas comunidades Scalabrinianas.

Missa na Capela da Casa Madre Assunta, Vila Prudente – São Paulo/SP

No dia 1º de julho, dia da festa da Bem-aventurada Assunta Marchetti, foi celebrada na Capela da Casa Madre Assunta, na Vila Prudente, São Paulo, Brasil, uma Missa em honra à nossa cofundadora, presidida pelo Cardeal Odilo Pedro Scherer.

Assista à Missa da Bem-aventurada Assunta Marchetti no canal das Scalabrinianas.

Comunidade Betânia, em Bagé/RS

Comunidade Missionária Discípulas de Emaús, em Fortaleza/CE.

Comunidade Yesu wavutuka, em Luanda/Angola

No dia 1º de julho a comunidade Yesu wavutuka, de Luanda, Angola, celebrou o dia da Bem-aventurada Assunta Marchetti.
Iniciamos com um retiro junto com os leigos Scalabrinianos, no qual refletimos a santidade de Madre Assunta; as formandas encenaram a vida e obra de Madre Assunta. Após, deu-se um momento de reflexão e partilha.
Em seguida, foi realizada a celebração eucarística, presidida pelo Pe. Carlos Tavares, PSDP. E, para concluir a festa, cortamos o bolo e celebramos em grande estilo o dia da Bem-aventurada Assunta Marchetti.
A comunidade formativa realizou os 9 dias da novena a Madre Assunta. Foi uma experiência muito rica em partilha e troca de experiências a partir da vivência e devoção a Madre Assunta.

Por Ir. Carla Frey

Comunidade N. Sra de Fátima, em Caxias do Sul/RS.

Madre Assunta tão humilde
E de sábio coração
Te pedimos hoje e sempre
Tua santa proteção.

Teu amor aos pobrezinhos
Era igual ao de Jesus
Pois soubeste generosa
Carregar a tua cruz.

Teus trabalhos realizastes
Com toda a prontidão
Com os vizinhos e as crianças
Sempre repartiste o pão
Autora: Irmã Zelinda Fassina

Comunidade Mãe de Deus, Menino Deus e 3 comunidades das Irmãs Bernardinas, em Porto Alegre/RS

Comunidade de Santa Cruz/Bolívia

En el día de la fiesta de Madre Asunta, invocando su intercesión la Comunidad de las misioneras Scalabrinianas realizó la Asamblea de LMS, donde el Núcleo de Santa Cruz se ha tornado Grupo San Juan Bautista Scalabrini en Bolivia. La Asamblea se constituyó en una mañana de retiro y una tarde de conocimiento de la vida del Movimiento, con destaque del carisma y de la Misión finalizando con la constitución del primero Consejo del Grupo. Lo mismo cuenta con la presencia de 15 miembros, siendo que 5 son efectivos; 4 hicieran su promesa en la celebración de la Eucaristía en el cierre de la Asamblea.
Estuvo presente Pablo Carlotto, Vice coordinador del Movimiento, con aporte significativo en este momento importante para la vida y misión de los LMS en Santa Cruz. Muchas gracias a Pablo. Dios lo bendiga en su misión. Gracias Señor por este camino con los Laicos en nuestra vida y misión.

Comunidades São José, Instituto São Carlos e Imaculada Conceição, em Caxias do Sul/RS.

Igreja Santa Luzia, em Torres/RS

Irmãs Marilene Colle e Libera Lusa junto com o pároco e equipe de liturgia.

Capela Nossa Senhora da Amazônia, em Manaus/AM

Celebração da Festa da Beata Assunta Marchetti no dia 02 de julho na Capela Nossa Senhora da Amazônia, em Manaus, Amazonas, com a presença das Irmãs Scalabrinianas, leigas e leigos.

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
novembro 2023
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados