Pesquisar

Scalabrinianas participam na 2ª Assembleia Geral da Talitha Kum em Roma, Itália

Mais de 200 delegados de todo mundo participam da 2ª Assembleia Geral da Rede Talitha Kum, entidade mundial que congrega todas as redes da vida religiosa que lutam contra o tráfico de pessoas, que acontece em Roma, Itália, até o dia 24 de maio. O evento marca o 15º aniversário da organização, constituída em 2009 pela União Internacional das Superioras Gerais (UISG).

Participam da Assembleia as Irmãs Scalabrinianas Carla Luisa Frey Bamberg, representando Angola, e Elizabeth Pedernal, representando as Filipinas.

A Assembleia Geral da Rede Talitha Kum foi iniciada no sábado, 18, com Missa presidida pelo cardeal brasileiro Dom João Braz de Aviz, prefeito do Dicastério para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica.

Durante o evento, os participantes das redes de Talitha Kum, que está presente em 90 países, irão dialogar, discernir e compartilhar estratégias para enfrentar o tráfico de pessoas, respondendo ao apelo do Papa Francisco de mobilizar recursos na luta contra este mal moderno.

O tema escolhido para a Assembleia é “Caminhando juntos para acabar com o tráfico de seres humanos: compaixão em ação para a transformação”. O evento visa ser um encontro transformador de ação de graças, compartilhamento, avaliação e avanço. Espera-se produzir uma declaração final com prioridades estratégicas para engajar Talitha Kum nos próximos cinco anos, de 2025 a 2030, fortalecendo redes e colaborações.

Por Ir. Carla Luísa Frey, com a Equipe de Comunicação

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
julho 2024
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados

[elfsight_whatsapp_chat id="5"]