Pesquisar

União Europeia tem alta nos pedidos de asilo no primeiro semestre de 2023

Número é o mais alto no período desde 2016, quando mais de 633 mil pessoas solicitaram asilo na UE

De acordo com a Agência da União Europeia para o Asilo (EUAA), pelo menos 519 mil pessoas solicitaram asilo nos países da UE no primeiro semestre de 2023, um aumento de 28% em relação ao mesmo período de 2022, quando cerca de 406 mil solicitações foram registradas.

O número atual é o mais alto para o período desde 2016, quando mais de 633 mil pessoas solicitaram asilo na União Europeia, no auge da chegada dos refugiados sírios à Europa através da rota balcânica.

“Os sírios continuaram a apresentar o maior número de pedidos de asilo na UE+, como tem sido a tendência desde há vários anos”, afirma comunicado da EUAA, que destaca que, de janeiro a julho, 67 mil sírios solicitaram asilo nos países da União Europeia, um aumento de 47% em comparação com o mesmo período de 2022.

Segundo a EUAA, no primeiro semestre de 2023, sírios, afegãos, venezuelanos, turcos e colombianos apresentaram o maior número de pedidos de asilo na UE, representando 44% do total de pedidos.

Durante o primeiro semestre de 2023, venezuelanos e colombianos representaram 13% de todos os pedidos de asilo na UE+, sendo 36.000 e 34.000, respectivamente. “Isto representou um aumento acentuado de 41% para os venezuelanos e um aumento ainda mais acentuado de 73% para os colombianos, em comparação com o primeiro semestre de 2022”, informou a EUAA.

Além disso, também foi registrado um aumento nos pedidos de asilo de cidadãos da Costa do Marfim e da Guiné, que representaram 3,5% de todos os pedidos, 9.300 e 8.700, respectivamente, entre janeiro e junho. “As candidaturas da Costa do Marfim mais do que duplicaram, enquanto as candidaturas da Guiné aumentaram 60% em comparação com o mesmo período do ano anterior”, ressaltou a agência.

A Alemanha recebeu o maior número de candidaturas entre os Estados-Membro no primeiro semestre de 2023, sendo 30% do total. Além disso, o país também continua a receber a maior parte das solicitações de sírios, sendo responsável por processar 62% do total de pedidos de asilo dessa população entre janeiro e junho.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
junho 2024
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados

[elfsight_whatsapp_chat id="5"]