Pesquisar

Papa Francisco anuncia segunda parte da encíclica Laudato Si’

Papa ressaltou o direito das gerações mais jovens de receber um mundo “belo e habitável”

O Papa Francisco anunciou nessa segunda-feira, 21, que está escrevendo a segunda parte da encíclica Laudato Si’, de 2015, que trata sobre a proteção do meio ambiente e os perigos das mudanças climáticas. O anúncio foi feito durante encontro com uma delegação de advogados de países membros do Conselho da Europa signatários do Apelo de Viena.

“Estou escrevendo uma segunda parte da Laudato si’ para atualizar as questões”, disse Francisco durante o encontro. Oito anos após lançar a encíclica, que em português significa “Louvado Seja”, o Papa deseja, agora, atualizar o texto com problemas atuais. O documento original teve grande influência sobre a conferência climática de Paris, realizada no fim de 2015.

O Apelo de Viena pede aos Estados membro do Conselho da Europa que se comprometam com o Estado de direito e a independência da Justiça. Para o Papa, esse Apelo “se insere no atual contexto europeu, que é difícil em muitos aspectos devido, entre outras coisas, à guerra sem sentido no território da Ucrânia.”

Durante o encontro, Francisco expressou sensibilidade ao cuidado com que os signatários do Apelo têm pela casa comum e ao compromisso de participar do desenvolvimento de uma estrutura normativa em favor da proteção ambiental. “Nunca devemos esquecer que as gerações mais jovens têm o direito de receber de nós um mundo belo e habitável, e que isso nos investe de sérios deveres para com a criação que recebemos das mãos generosas de Deus”, disse o pontífice.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação, com informações do Vatican News

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
dezembro 2023
S T Q Q S S D
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados