Pesquisar

Espanha: chegadas de migrantes irregulares pelo mar cresceram 156,7% entre janeiro e maio

Maior parte dos migrantes irregulares chegados à Espanha entraram no país através das Ilhas Canárias

De acordo com o Ministério do Interior da Espanha, o número de migrantes irregulares que chegaram ao país entre 1º janeiro e 31 de maio de 2024 por via marítima subiu 156,7% em comparação ao mesmo período de 2023. Apenas nas Ilhas Canárias, o aumento nas chegadas de migrantes foi de quase 260%.

No total, o Ministério do Interior espanhol contabilizou 21.926 chegadas de migrantes ao país entre janeiro e maio, dos quais 20.854 chegaram por via marítima. O número total de chegadas de migrantes à Espanha em 2024 representa um aumento de 137% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 9.252 estrangeiros irregulares entraram no país.

Segundo os dados, dos quase 21 mil migrantes chegados à Espanha pelo mar, 17.117 entraram no país através das Ilhas Canárias, 259,6% a mais que o mesmo período de 2023, quando um total de 4.760 haviam desembarcado no arquipélago. Desde 1º de janeiro, as Canárias já registraram a chegada de 261 embarcações de migrantes, 146,2% a mais que em 2023, quando foram 106.

Outros 3.723 migrantes chegaram às Ilhas Baleares e à península pelo mar desde o início do ano, uma queda de 6,6% em relação ao ano passado, além de 13 migrantes registrados em Ceuta e um migrante em Melilla. No total, a Espanha já registrou a chegada de 552 embarcações de migrantes, um aumento de 21,58% em relação ao mesmo período de 2023, quando foram 454.

Pelo menos 1.072 migrantes chegaram em território espanhol por via terrestre em 2024, segundo os dados do Ministério, que apontam um crescimento de 143,6% em relação aos números de 2023, quando foram registradas 440 chegadas de migrantes por via terrestre a Ceuta e Melilla.

Desse total, 1.056 migrantes irregulares chegaram a Ceuta entre janeiro e maio, 171,5% a mais que em 2023, quando foram registradas as entradas de 389 migrantes no enclave por via terrestre. Outros 16 migrantes entraram em território espanhol através de Melilla por via terrestre 68,6% a menos que 2023, quando 51 migrantes entraram no território.

Por Amanda Almeida, da Equipe de Comunicação

Compartilhe esta informação. É muito importante.

As pessoas também estão lendo:

AGENDA DE PUBLICAÇÕES
julho 2024
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Irmãs Scalabrinianas

Estão presentes em muitos países do mundo.
Para melhor exercer sua missão, a Congregação divide-se em províncias/regiões de missão.
 
Nestes espaços, as irmãs se dedicam à missão que aceitaram realizar, comprometendo-se com a vida, especialmente dos que mais sofrem, dos migrantes, dos refugiados.
 
São mulheres que escolheram seguir o chamado de Deus, confiando-lhes uma linda e importante missão na igreja.

Siga-nos

Mais recentes no site

Conheça o trabalho das Irmãs Scalabrinianas com migrantes e refugiados

[elfsight_whatsapp_chat id="5"]